Abrindo Espaço para as Startups


A Folha de São Paulo publicou no dia 19 de julho uma reportagem sobre o crescente interesse demonstrado pelas grandes organizações em se aproximar das startups, empresas nascentes de cunho tecnológico, como forma de alavancar a inovação.


A matéria destaca diversas vantagens dessa aproximação. Irei destacar três delas:


1. Permitir que as organizações fiquem atentas às novidades tecnológicas que poderão vir mais à frente, interferir em seus negócios;


2. Conciliar o dia a dia das empresas, onde predominam agendas de curto parazo, com a necessidade de se pensar o futuro que, já se sabe, tende a ser cada vez mais disruptivo;


3. Abrir uma perspectiva para que as start-ups tornem-se fornecedoras dessas organizações.


Se analisarmos essas vantagens sob o prisma do setor público, observamos que todas elas continuam fazendo sentido. A diferença é que os governos somente agora, e de forma ainda bastante tímida, começam a perceber e incorporar essa nova realidade em sua agenda. Tomara que ese avanço ganhe velocidade.


Para quem quiser ler a matéria da Folha, favor clicar aqui.


Fonte da Ilustração: http://www.openstartups.org.br/


editoria e curadoria: josé antônio carlos  - professor pepe, utilizando a plataforma wix